quinta-feira, 21 de maio de 2009

Quinta feira da espiga

Vocês lembram se como antigamente este era um dia Santo em Portugal?
A Quinta-feira da Ascensão era uma festa muito importante para igreja católica porque se celebra a ascensão de Jesus Cristo ao Céu, depois de ter sido crucificado e de ter ressuscitado
Este dia (a Ascensão) ocorre quarenta dias depois da Páscoa, e por isso é sempre numa quinta-feira.
Neste dia, celebra-se o Dia da Espiga que por ocorrer sempre a uma quinta-feira é também conhecido por Quinta-feira da Espiga.
Tradicionalmente, neste dia, de manhã cedo, rapazes e raparigas iam para o campo apanhar a espiga e outras flores do campo.
Com essas flores, formam um ramo com: espigas de trigo, um raminho de oliveira, malmequeres e papoilas.
O ramo pode também incluir centeio, cevada, aveia, margaridas, pampilhos, etc.
Cada elemento simboliza um desejo:
• A espiga simboliza o pão (para nunca falte nos lare4s de todo o mundo)
• O raminho de folhas de oliveira simboliza a paz (a pomba da paz traz no bico um ramo de oliveira) e que nunca falte a luz (divina). (Dantes as pessoas alumiavam-se com lamparinas de azeite, e o azeite faz-se com as azeitonas, que são o fruto da oliveira.)
• Flores (malmequeres, papoilas, etc.) simbolizam alegria (distinguida pela cor das flores)
O ramo era guardado ao longo de um ano, até ao Dia de Espiga do ano seguinte, pendurado algures dentro de casa.
Hoje muito poucas pessoas se deslocam ao campo para colherem esses ramosNas grandes cidades ainda se pode ver aqui e acolá algumas vendedoras a apregoar o raminho da espiga
E tambem em muitos concelhos do Ribatejo e do Oeste este dia continua a ser um dia de festa sendo por isso feriado