segunda-feira, 18 de maio de 2009

O Milho da nossa terra


Na nossa aldeia ainda hoje alguns dos seus habitantes cultivam este cereal que por acaso em Bogas os terrenos são propícios para a sua cultura
O milho da nossa terra,
ai, o milho da nossa terra,
é tratado com carinho.

É a riqueza do povo,
ai, é a riqueza do povo,
é o pão do pobrezinho.

É a riqueza do povo,
ai, é a riqueza do povo,
é o pão do pobrezinho.
Esta é a letra de uma canção infantil que actualmente já não se ajusta completamente á realidade. O milho continua concerteza a ser uma riqueza do povo mas não o pão do pobrezinho
A broa e o bacalhau eram artigos que antigamente os pobres podiam consumir e que hoje quase se vedou esse prazer apenas aos ricos

Antigamente, na nossa aldeia,desfolhavam-se as espigas da última colheita do ano, feita em em Setrmbro e Outubro, altura em que já deveriam estar maduras. Era um momento de festa e de entreajuda em que o dono do milho recebia a solidariedade dos vizinhos e amigos,alguns até vinham de longe. Em troca, e como sinal de agradecimento, o proprietario oferecia uma grande lancharada com broa quente, presunto, chouriça, e vinho vindo directamente do pipo.

4 comentários:

zero disse...

Que belas espigas,foram escolhidas a dedo. Posso jurar que não são do meu milheiral.
Bela foto,sim senhor.
Um abraço.

Luis Antunes disse...

Tambem se não fosse o ZERO não sei como é que eu iria descobrir tão belas espigas e gentes que o trabalho lhes transmite alegria
Aqui este ZERO para que todos saibam é um zero á direita
Um abraço

Anónimo disse...

E agora para o meu amigo João Gomes, quero dizer lhe que muito me tem valido o seu quintal, onde tenho entrado e sacado as mais belas imagens sobre produtos agricolas
Continue a fazer belas fotos

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,