Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




terça-feira, 19 de maio de 2009

O Milho da nossa terra (cont)

Ainda no seguimento do cvultivo de milho na nossa terra, valho me da experiência e recordações do meu amigo João Gomes da Malhada para poder apresentar algumas imagens e promenores
Em diversas regiões de Portugal incluindo as nossas aldeias Beirãs o milho constitui ainda um produto básico na alimentação humana. Nos Ultimos anos, parece assistir-se a algum progresso na sua cultura, embora muito menor do que seria desejado.

Existe no mercado livreiro um livro intitulado O Milho que nos ensina tudo sobre espécies, cultivo, zonas mais produtivas etc etc


Milho verde, milho verde
Ai milho verde, milho verde
Ai milho verde, maçaroca.
À sombra do milho verde
Ai à sombra do milho verde
Ai namorei uma cachopa


Milho verde, milho verde
Ai milho verde, milho verde
Ai milho verde, miudinho
À sombra do milho verde
Ai à sombra do milho verde
Ai namorei um rapazinho

Mondadeiras do meu milho
Ai mondadeiras do meu milho
Ai mondai o meu milho bem
Não olhais para o caminho
Ai Não olhais para o caminho
Pois a merenda já lá vêm

O milho da nossa terra,
ai, o milho da nossa terra,
é tratado com carinho.
É a riqueza do povo,
ai, é a riqueza do povo,
é o pão dos pobrezinhos.

7 comentários:

Carantonha disse...

Pois esse milho não foi semeado ao plantado na nossa zona, isto porque, esse solo é característico da Austrália. Quase de certeza.

Mas o grão sim, esse é de certeza da zona do pinhal.

Cumprimentos,

Carantonha - Telhado

Carantonha disse...

Acreditem que as variedades de milho apresentadas na foto, são já exemplares raros. São variedades quase inexistentes.


Carantonha

Anónimo disse...

Oi Carantonha do Telhado
é verdade que algumas espécies das que a fotografia mostra já são raras mas existem
Algumas fotos são captadas pela minha objectiva e outras são de um amigo
Se Fores `malhada Velha A Janeiro de Cima ou mesmo a BOgas de Baixo vais encontrar por la boa qualidade de milho
No Telhado em tempos tambem, ainda cheguei a ver bom milho....

Carantonha disse...

É mesmo isso que eu estou a tentar dizer, essas variedades, são raras e ainda são cultivadas nesses locais. É bom preservar a biodiversidade. Algumas dessas variedades apenas existem no Banco Nacional de Germoplasma.

Sou do Telhado sim, mas sinto muito carinho pela aldeia de Bogas de Baixo.

Anónimo disse...

`Realmente é extraordiário ver milho de tão boa qualidade, isto so´acontecrá nas margens do rio Zêzere,claro que há uns anos atrás,em toda a aérea do telhado junto á ribeira também se produsia boa qualidade desse bom produto, e actualmente e para nossa tristesa vemos muitos campos cheios de panasco.Angelo

Anónimo disse...

Éra precisamente nesta época que se via boa qualidade desse milho,e no tempo da segunda Grande Guerra este produto éra quase considerado ouro porque já me lembro muito bem no telhado ir á tia Apolinária comprar desse paõzinho, e fiado porque a riquesa éra pouca, apesar de eu não gostar muito de broa mas uma vez por festa também se come , e megada na água do feisão frade melhor sabe, e com a respectiva sardinha ainda melhor a vocês criadores deste milho os meus sinceros parabéms. Ângelo

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,