Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

As Autarquicas ja mexem no Concelho

A intervenção de Leal Salvado marcou o final dos trabalhos da reunião magna de socialistas do Distrito de Castelo Branco.

A um ano das eleições autárquicas, Leal Salvado falou pela primeira vez aos militantes socialistas que estiveram no congresso do PS e não poupou críticas à gestão do PSD na Câmara do Fundão. A dívida global do Município foi o mote para uma intervenção em que quase tudo foi posto em causa. Do endividamento da autarquia aos impostos que os munícipes têm de pagar até ao desemprego, Leal Salvado não poupou palavras para descrever as" sérias dificuldades" por que passa o concelho do Fundão.


Numa intervenção escrita, o candidato do PS à CMF deu conta de um" quadro negro" e de uma "gestão desgovernada" que encaminhou o Concelho do Fundão para os mais elevados índices de desemprego da região e para um custo de vida traduzido no pagamento "dos mais elevados impostos municipais".

A resposta de Manuel Frexes chegou à margem da inauguração do novo lar de idosos da Capinha. À pergunta dos jornalistas sobre as acusações do candidato ao Município, o presidente da CMF começou por desvalorizar a intervenção de António Leal Salvado, mas acabou por esclarecer o candidato quanto ao investimento do executivo PSD na criação de emprego

Para o presidente da CMF a questão do desemprego é um reflexo das políticas erradas do governo de José Sócrates num território onde o PSD faz bandeira das intervenções na expansão do Parque industrial do Fundão ou na criação das áreas de localização empresarial de Silvares e da Soalheira.

Para o presidente da CMF, o candidato do PS vive num mundo de fantasia que o impede de conhecer a realidade das políticas da autarquia do PSD em matéria de impostos para os residentes no concelho.

noticia do Jornal do Fundão