sábado, 1 de maio de 2010

Tradições (Algarve)

A nossa Beira Baixa é uma região de belas tradições que nos trazem grandes recordações e algumas ainda hoje preduram.
O Algarve onde vivo é tambem uma região d e grandes tradições que o proprio turista vive com o povo algarvio
Os Maios são uma dessas seculares tradições que s e manteem vivas


Como podem verificar pelas imagens captadas no Google,os Maios são bonecos representando pessoas, em tamanho natural, vestidos e calçados com a nossa roupa, aprontados tal como as pessoas, com posições e atitudes normais do nosso povo, isolados ou em conjunto, representando cenas do nosso dia a dia
No dia 1 de Maio, de madrugada, estas figuras (quase sempre aprontadas e montadas durante a noite de 30 de Abril), são colocados nas portas, varandas, jardins, quintais, ruas, largos, etc.. Junto de cada boneco ou sobre o próprio, poderá estar colocada a leitura do que está querendo dizer

As origens desta tradição remontam às festas pagãs de Roma antiga. Ao longo dos tempos esta tradição surgia como símbolo da chegada da Primavera ou renascimento da vida vegetal; outros faziam os "Maios" para dar as boas vindas ao mês de Maio, com muitos trabalhos para o agricultor, para que as colheitas corressem bem; outros colocavam os Maios para que o diabo ou as bruxas não entrassem em casa.
Entre nós, os Maios sõ especialmente celebrados no Algarve. Tenho percorrido a estrada N125 que atravessa o Algarve, especialmente entre Faro e Tavira e tenho apreciado estes bonecos muito bem confeccionados, maioria deles ostentando frases humoristicas, criticas fortes à sociedade e aos governantes que prometeram, mas nunca cumpriram as suas promessas de um arruamento melhorado, de uma estrada alcatroada ou de um outro qualquer pedido que nunca chegou a ser satisfeito. Normalmente referem se sempre a pessoas mais ou menos influentes nas zonas onde se encontram
Esta tradição vem do antigamente quando no Algarve havia o uso e costume de as pessoas irem para o campo, ao alvorecer do 1º de Maio, para celebrar a chegada da Primavera. As moças enfeitavam-se, então, e por toda a parte se erguiam Maias, que são as giestas em flor.Ano após ano, no mês de Maio, por todo o lado, as giestas em flor povoavam a terra verde e adornavam as janelas, as portas, o gado, as crianças e os jovens. Esta é outra tradição quase no esquecimento no Algarve, mas que está agora a renascer, de ano para ano, com a reunião de familiares e amigos e a romaria para os campos onde já é costume não faltar a carne para assar na brasa, o vinho e os saborosos caracóis cozidos com o aroma dos orégãos.





E ainda hoje no Algarve uma terra fertil em caracóis, são consumidos neste dia muitas centenas de Kilos destes bichinhos