Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




sábado, 11 de junho de 2016

Aldeias da Beira Baixa (Fundão)


Onde eu nasci passa uma ribeira, Que me parece não ter fim,
 Igual, sem fim,é minha terra,  que passa dentro de mim
 Passa como se o tempo  nada pudesse mudar
 Passa  como se  a nossa ribeira  não desaguasse no mar
 A ribeira deságua no rio, o rio desagua no mar
É assim o meu cantar
 É por isso que eu canto aqui
 e hoje eu sei que o mundo é grande e o mar de ondas se faz
 mas nasceu junto com a ribeira o canto que eu canto mais
A  ribeira  só chega no mar depois de andar pelo chão
A ribeira da minha terra  deságua em meu coração




O aspecto e a comodidade já existentes nas nossas aldeias serão com certeza atractivo suficiente para que pelo menos os seus filhos já na reforma, possam regressar para passar dias sossegados na velhice. Entretanto em época de férias  como acontece no verão  Estasaldeias  contam pelo menos durante 2 meses com um movimento desusual de carros e pessoas
E ainda bem que assim é porque se por um lado se matam saudades da terra também temos a oportunidade de revermos os nossos amigos de infância.

Resultado de imagem para bogas de baixo+fotos

Picinas de Bogas de Baixo




Rio Zezere  de passagem pelo nosso sitio entre Janeiro de Cima e de Baixo com ótimas praias fluviais

um ótimo album de fotos (para ver basta clicar)

domingo, 5 de junho de 2016

Rota das cerejas

Rota dos Cerejais - Vila do Ferro
Ferro aposta em 
Centro Interpretativo da Cereja

A localidade do concelho da Covilhã quer incentivar o sector agrícola e avança com um espaço dedicado a um dos frutos mais característicos da Cova da Beira




Irá realizar-se, entre os dias 9 e 12 de Junho, mais uma edição da Festa da Cereja, em Alcongosta, no concelho do Fundão, onde poderá encontrar a Cereja do Fundão e degustar diversos produtos à base de cereja, como é o caso do Pastel de Cereja do Fundão e dos Bombons de Cereja do Fundão.

Neste certame estarão em destaque os live-cookings com os Chefs João Alves, João Simões e Diogo Rocha; os ateliers Chefes de Palmo e Meio; os concertos de Jerónimo e Cro Magnon, Fado Lélé e The Soaked Lamb; Passeios de Balão; animação; tasquinhas e artesanato


Resultado de imagem para festas da cereja 2016

O Fundão oferece inúmeros eventos durante todo o ano, como por exemplo: o Festival da Transumância – Chocalhos. Não poderá perder o enquadramento excepcional da Serra da Gardunha, Alpedrinha, com o seu renovado Palácio do Picadeiro e a Aldeias Histórica de Castelo Novo. Encontrará hotéis de qualidade, na vanguarda da modernidade, que o irão surpreender!
As cerejas
Ir às cerejas é uma festa para todos os sentidos. Uma festa enriquecida pelas diferentes texturas de cada variedade regional. Todas vermelhas, carnudas e deliciosas.
Resultado de imagem para festas da cereja 2016
Alpedrinha
Nobre, elegante e sumptuosa. No colo tranquilo da Gardunha, tem a ternura dos dias que passam ao sabor das cerejas.
Castelo Novo
O encanto na encosta leste da Serra da Gardunha. É lá que, em Julho, se vão fazer pequenos milagres com o vento, quando a lua estiver, outra vez, nova.




A paisagem
Flores mil. À medida que os dias crescem, chegam flores de cerejeira, flores de pessegueiro e flores de macieira! Paisagens únicas que começam no Fundão e se prolongam pela Covilhã e Belmonte.


Centro de Portugal