quinta-feira, 16 de abril de 2015

Nossa Senhora da Saude no Padrão

Nossa Senhora da Saude

Teem lugar tambem este fim de semana as festas em louvor de Nossa Senhora da Saude, na nossa vizinha  aldeia do Padrão,
que tão belas recordações me traz, como por exemplo quando a Banda de Bogas vinha abrilhantar esta romaria onde  eu me integrava, Depois e  ainda os amigos que por lá grangeei e os clientes que tive  nos meus tempos de caixeiro viajante

No terreiro desta capela diverti me com familiares e amigos em dias de festa e quando integrado na banda de Bogas de Baixo atuavamos na  arruda  na procissão e no coreto
No final do dia a comissão da festa oferecia nos uma duzia de foguetes e quando chegavamos a Bogas eram estoirados á Portela iniciando de seguida a nossa tradicional arruada a assinalar mais um regresso de uma romaria onde actuámos
muita gente de Bogas e não só se recordarão certamente
Ouviam se os romeiros percorrendo a pé os caminhos que nos levavam até ao Padrão, numa alegre caminhada cantorolando as musicas tradicionais á nossa Senhora da Saude


Vamos todos em romaria, vamos todos em folia, em magote a cantar mesmo ao nascer do dia.
Abri-me a porta Senhora, que vós quero rezar o terço pai nosso avé maria

Os  devotos a Santinha, bem guardada na capela, atravessam muitos deles vales e planícies para lá chegar. Garrafão e merenda ao ombro ou a cabeça lá vai toda a família, comer sentados por ali no campo, e dançar a tarde toda. Em romaria saiam de casa, e para casa voltam em romaria, Onde vais?  repondia com alegria...Vou prá festa!!! Donde vens? a resposta era mais triste ..Venho da Festa….
Oração a Nossa Senhora da Saúde

Virgem puríssima,
que sois a Saúde dos enfermos,
o Refúgio dos pecadores,
a Consoladora dos aflitos
e a Despenseira
de todas as graças,
na minha fraqueza
e no meu desânimo
apelo, hoje,
para os tesouros
da vossa misericórdia e bondade
e atrevo-me a chamar-vos
pelo doce nome de Mãe.
Sim, ó Mãe, atendei-me
em minha enfermidade,
dai-me a saúde do corpo
para que possa cumprir
os meus deveres
com ânimo e alegria,
e com a mesma disposição
sirva o vosso Filho Jesus
e agradeça a vós,
Saúde dos enfermos.
Nossa Senhora da Saúde,
rogai por nós. Amen.
 A seguir  algumas imagens da festa do ano passado da autoria do meu amigo António Luis Oliveira que normalmente por aqui passa onde tem alguns familiares.
Lindas imagens que ficão sempre para recordação áqueles que virão a seguir a nós

uma visão sobre a aldeia do Padrão

em dia de festa até a estrada nacional  Castelo Branco Coimbra fica ocupadissima pelo estacionamento das viaturas dos visitantes

daqui podemos ver parte do arraial onde não faltam as tradicionais farturas , os vendedores de mantas e as impercindiveis tasquinhas


aqui vemos a banda de Unhais talve na procissão, trabalho que em tempos idos foi muitas vees feito pela banda de Bogas de Baixo há varios anos extinta

O interior da capela é lindo  muito bem engalanado em dias de festa



o Bailarico ao som da banda, de um acordeonista, de um conjunto musical ou mesmo da aparelhagem sonora, esse não pode faltar

2 comentários:

António Luís Oliveira disse...

Luís Godinho Antunes, está enganado, quem casou no Padrão foi o meu irmão João e não eu, pois fui buscar a minha cara metade a Torres Novas. Agradeço que retifique.

Luantes Luis Antunes disse...

Amigo António as minhas desculpas
falámos nisso há tempos e confundi me.
fiquei sempre a pensar que o meu amigo tinha casado com a filha do ti Xico do Padrão.
vou retificar
abraço