Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




sábado, 3 de maio de 2014

Encantos de Penha Garcia

Continuando pelos caminhos da Idanha, hoje vamos visitar mais uma das suas mais importantes Freguesias
Penha Garcia que fica mesmo aqui á beira da estrada que nos trás de Monfortinho e nos vai levar a Monsanto
 Toda esta zona de Penha Garcia está cheia de vestígios pré-históricos e romanos, estes últimos bem documentados nas ruínas da capela de S.Lourenço.


A sua comenda pertence, a partir do século XVII, à Casa do Conde de São Vicente da Beira. Foi couto do reino, ou de homiziados, que D.Maria I extinguiu (como todos os outros) por uma lei de 1790.

Em 6 de Novembro de 1836, dava-se a extinção do concelho de Penha Garcia. A partir daí, passou a fazer parte do concelho de Monsanto até à sua extinção em 1855, data em que passou para o município de Idanha-a-Nova
A serra de Penha Garcia é fértil em Castros, de um deles deve ter resultado a actual povoação. A penha, a ela sobranceira, deve ter sido fortificada desde a mais remota antiguidade. O seu altaneiro castelo deve ter sido mandado levantar por D. Sancho I que teve a clara intuição política de fortificar a Beira para a defesa do centro do País, contra os inimigos seculares, o leonês que estava para lá do Erges e o mouro para lá do Tejo.
 Penha Garcia recebeu Foral D.Afonso III, em 31 de Outubro de 1256. No documento se diz que se dá aos moradores de Penha Garcia o foro, usos e costumes de Penamacor. Realenga então, Penha Garcia assim continuou até ao tempo de D.Dinis, que em 1303 a doou aos Templários, na pessoa do seu mestre Vasco Fernandes. Dos Templários passou para Ordem de Cristo e, no século XVI, com a integração das ordens militares na coroa, volta novamente à posse régia. D.Manuel I concedera-lhe foral novo, em Santarém, a 1 de Junho de 1510.4(wikipédia)
Também neste recanto de Portugal se confeciona boa e tradicional gastronomia, destacando-se os seguintes pratos: ensopado de cabrito, sopa de grão com massa, gaspacho, migas, prova de chouriço à moda do raiano, ensopado de javali, queijo fresco e curado de cabra, de mistura e de ovelha.
Possui também uma grande tradição nas artes manuais e das mãos dos seus artesãos saiem  belos e sonoros Adufes, cobertas de trapos, rendas, trabalhos em madeira, cortiça e ferro, rodilhas e cântaros.
Aqui mesmo no centro da aldeia num largo onde eu parava muitas vezes, quando visitava  os meus clientes de produtos alimentares, estou a lembrar me de um cliente e grande amigo O Sr Fernando Pires da Silva, cujo comércio nessa altura devia ser o mais importante cá da terra



Barragem de Penha Garcia onde dá um gozo enorme passear pelas suas margens repletas de fauna e flora do melhor que a natureza nos pode dar

Depois quem é tendo feito uma visita a Penha Garcia não foi até á zona dos moinhos movidos á força das correntes de água do rio Ponsul?
No que respeita ao Património Cultural e Desportivo, Penha Garcia usufrui dos seguintes
 Liga de Amigos de Penha Garcia, fundada em 12 de Maio de 1979 com a finalidade de colaborar e implementar acções de carácter cultural e social em prol de Penha Garcia e dos seus naturais. Comemorou o seu 30.º aniversário em 30 de maio de 2009;
Associação de Defesa do património;
Associação de Caça e Pesca;
Centro Social e Cultural;
Rancho Folclórico;
Grupo desportivo cultural recreativo de Penha Garcia.
Para pernoitar  e passar um ameno e reconfortante fim de semana pode beneficiar das condições que A Casa Santa Catarina lhe pode oferecer, está localizada em Penha Garcia e proporciona um refúgio pacífico rodeado por natureza. Esta casa de hóspedes de gerência familiar oferece vistas das montanhas a partir do seu jardim. A Casa Santa Catarina foi construída com pedra tradicional da região. Cada um dos quartos está decorado num estilo exclusivo e tem ar condicionado


Muito mais havia para descrever a autenticidade e as tradições usos e costumes deste povo mas isso estará certamente descrito em varias páginas dedicadas a Penha Garcia
e assim sendo fize mos á estrada e já estamos a caminho de Monsanto que podemos ver lá no cimo do monte que se vê como pano de fundo

Sem comentários: