Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




sábado, 19 de outubro de 2013

Na aldeia sempre ouvi estes provébios

Já nos meus tempos de criança ouvia da boca dos mais velhos lá na aldeia, estes e muitos outros provébios que o povo todo conhecem


Ramos molhados, anos abençoados...

Era como dizer que quando chove na época da Páscoa, os cultivos que fazemos nas terras (batatas, cebolas, horta, vinho, feijões…), vão produzir muito bem, sendo um ano muito bom para as colheitas.


Pelo São Martinho prova o teu vinho
É o mesmo que dizer que em Novembro os pipos de vinho da colheita do ano estão prontos a ser abertos e convidam se os amigos para provar a pinga

Quem muito dorme pouco aprende...

Pois é,  se gastamos muito tempo a dormir, ficamos com pouco tempo para aprender.

Cão que ladra não morde...

Isto é simples, quer dizer que o cão enquanto abre a boca para ladrar, não pode usá-la para morder.



Lá na minha aldeia dizia se
Em Abril queima a velha o carro e o carril...  
A melhor cepa guarda-a para Maio..

Quer dizer que em Abril e Maio ainda pode vir muito frio e por isso, devemos guarda lenha para acender o lume.



Em Abril, águas mil...

Isto quer dizer que no mês de Abril chove muito.

Sem comentários: