quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

O Madeiro em Bogas de Baixo

Bogas de Baixo  terra carregada de tradições
pese embora a sua desertificação em termos de juventude, a tradição do madeiro a arder no adro da igreja não morreu
Estive em Bogas uma semana antes do natal, e não vi vestigios de madeiros para arderen na noite de natal
no entanto vim embora convencido que ainda havia muito tempo para se procurar o madeiro, porque embora poucos continuam em Bogas gente jovem capaz de levar a cabo esta tarefa
e foi o que aconteceu
Algumas pessoas entre elas a Diolinda registaram o acontecimento da forma que partilho com todos vós



podemos assim certificar nos que o madeiro ardeu e bem  em Bogas de Baixo








e na hora exata não faltou assim como nos anos anteriores,as gostosas febras e entremeada assadinhas ali na brasa para consolo desta gente que tão bem sabe manter a tradição nesta pequena aldeia perdida no meio de pinhais no coração de Portugal na rota das terras de xisto









como se pode ver pela imagem  são poucos mas bons


a população costuma juntar se em grupinhos  junto da igreja enquanto não chega a hora da missa do galo e discutem os probelemas mais recentes da aldeia


discute se o probelema das obras do Lar que estão paradas há alguns meses por falta de verbas, o probelema de querem acabar com a freguesia juntando nos a Bogas de Cima, uma autentica aberração,.....
esperemos que isso nunca venha a acontecer..
quanto ás obras no Lar ouvi dizer que vai haver dinheiro e vão recomeçar brevemente



o convivio é visivel entre as gentes da minha aldeia
foi e vai continuar a ser sempre uma terra hospitaleira onde os forasteiros serão sempre bem recebidos


Sem comentários: