segunda-feira, 27 de agosto de 2012

ZÊZERE, um dos mais belos rios portugueses

O mês de Agosto chegou ao fim e o Verão entrará brevemente na sua curva descendente,
 Vou por isso partilhar e recordar as margens do Rio Zêzere por aqui bem perto de Bogas, de Janeiro de Cima e Janeiro de Baixo não esquecendo Cambas nos concelhos do Fundão e da Pampilhosa da Serra
Certamente muita gente se deliciou durante o mês de Agosto banhando se nas aguas transparentes e mornas das praias fluviais que existem por estes belos sitios.
Conhecidas de todos os residentes, mas tirando os emigrantes poucos forasteiros conhecerão tamanha riqueza. É um pouco tambem por causa disso que aqui vou publicando algumas dessas maravilhas que muitos desconhecem mas que existem de verdade nos recantos mais remotos deste nosso Portugal

Mostro de seguida duas imagens do rio na sua passagem por Porto de Vacas

A aldeia fica situada junto ao rio Zêzere no concelho da Pampilhosa da Serra mas aqui bem pertinho de nós. Na aldeia há muitas coisas para visitar: a capela, o centro de dia, a casa do povo, o jardim de infância, o campo de futebol, a escola, chafarizes antigos e um moinho.


Aproveitemos agora ver e admirar algumas imagens na sua passagem por Janeiro de Cima

Pensa se que esta localidade tenha tido a sua origem no século XVI, XVII, (desconhece-se a data precisa), um senhor, talvez nobre, possuidor de grandes bens e terras nas duas margens do rio Zêzere, resolveu ao morrer, legar os seus bens aos dois filhos de nome januários, entregou a um, as terras da margens direita do rio, ao outro, as da margem esquerda, assim nasceu Janeiro de Cima, na margem esquerda e Janeiro de Baixo na margem direita.

Vou portanto partilhar tambem algumas imagens de Janeiro de Baixo

Janeiro de Baixo, cuja origem terá a ver com Janeiro de Cima e aquela familia dos Januários, mas actualmente é constituída pelos lugares de Brejo de Baixo, Brejo de Cima, Esteiro, Janeiro de Baixo, Machialinho, Porto de Vacas, Safra e Souto do Brejo. é portanto uma das maiores freguesias das redondezas e das margens do Zezere Possui umas das belas praias fluviais existentes ao longo do nosso rio A partir daqui até Cambas o rio começa a ser mais sinuoso com muitos rapidos pelo meio, a meio deste percurso avistamos a foz de Bogas um dos maiores afluentes do Zêzere. Podemos avistar o Linteiro na sua margem direita e mesmo em frente na margem contraria existe ainda embora em ruinas a quinta do Fojo

A Aldeia de Cambas, que embora se situe na margem direita do rio pertence ao concelho de Oleiros, no entanto em tempos remotos pertenceu ao Termo da Covilhã, aparece no concelho do Fundão logo que este é criado, tal como Vilar Barroco e Orvalho, também hoje do concelho de Oleiros; pelo Decreto de 29 de Novembro de 1836, a freguesia de Cambas é incorporada, pela primeira vez, no concelho de Oleiros, tal como o são igualmente as freguesias de Orvalho e Vilar Barroco.
Aldeia de Cambas

Mas não iria finalizar esta postagem sobre as belas praias fluviais existentes em redor de Bogas de Baixo sem passar por Ademoço, esta linda aldeia na margem direita do Zezere que podemos ver na imagem



Dizia me há dias um amigo e assiduo visitante deste blogue que as visitas e os comentários fazem parte da alma de cada blogue. e é bem verdade porque nos alimentam a vontade de continuar
 No meu caso, com as visitas mesmo sem comentários, continuo nesta luta de fazer com que estes lindos recantos sejam conhecidos e não esquecidos 
Continuem a vir pois de vez enquando publicarei algo de novo

2 comentários:

Anónimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra generique
http://commanderviagragenerique.net/ viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra generico
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ viagra

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ vente viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ acquisto viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra