Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




terça-feira, 14 de agosto de 2012

Por terras da Beira (continuação)


Saindo de  Alpedrinha, voltei alguns Kms para traz e entrei em Atalaia do Campo e Póvoa da Atalaia fraguesia do Concelho do Fundão onde nasceu Eugénio de Andrade e onde em tempos cheguei a ter e ainda tenho alguns amigos











Fiz me á estrada e subi até Louriçal do Campo de cuja localidade vos deixo estas duas imagens uma panoramica do Louriçal e uma das suas pricipais artérias
Igreja do Louriçal do Campo
Aspecto exterior da Igreja Matriz de Louriçal do Campo. O  seu intrior é de uma riqueza impar
vale a  pena visitar

Aspecto geral da aldeia de Louriçal vendo se lá ao longe  o Colégio de São Fiel



e passando pelo Casal da Serra pequena aldeia perdida na serra onde me ligam alguns laços familiares, aldeia que eu já tinha visitado algumas vezes

aqui vos deixo uma imagem da sua belissima capela

Deixámos o Casal para traz e seguimos por estrada sinuosa serra acima e chegámos a São Vicente da Beira.
 De fundação remota, perde-se nos tempos o que foi o início de uma pequena povoação no local em que se encontra hoje a Vila de São Vicente da Beira.

Segundo reza a história, foi a mesma fundada (oficialmente) em 1173, tendo-lhe sido dado foral em 1195 pelo Príncipe D. Afonso, (futuro D. Afonso II) dizem uns, e por D. Sancho I (dizem outros) com a finalidade de ser restaurada e repovoada










Hoje é uma Vila bastante desenvolvida sendo daqui a origem das aguas Fonte da Fraga da empresa BEIRAVICENTE - ÁGUA DE NASCENTE FONTE DA FRAGA

e com varias actividades industriais e comerciais como Artes Gráficas, Madeiras Mámores, Serralharias; Construção Civil e movimentação de terras, Supermercados , Pastelarias etc etc


















Sem comentários: