Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




segunda-feira, 9 de julho de 2012

É tão linda a minha aldeia






É tão linda a minha aldeia, o lugar onde eu nasci
Sob a luz de uma candeia, lembro a terra onde eu vivi
É tão lindo o amanhecer, cai o sol sobre as herdades
Lá não pudeste viver, hoje choras de saudades






Na hora da Ave Maria, quando os sinos vão tocando
É chegado o fim do dia, nossa gente vai rezando
Nessa hora de alegria, logo se prepara a ceia
À hora da Ave Maria... como é linda a minha aldeia

Oh jardim das oliveiras, guarda os teu lindos trigais
És a esperança verdadeira, és a terra dos meus pais
É tão lindo o amanhecer, cai o sol sobre as herdades
Lá não pudeste viver, hoje choras de saudades

Na hora da Ave Maria, quando os sinos vão tocando
É chegado o fim do dia, nossa gente vai rezando
Nessa hora de alegria, logo se prepara a ceia
À hora da Ave Maria... como é linda a minha aldeia





Sem comentários: