Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




sábado, 21 de abril de 2012

Dia Mundial da Floresta

Comemorou se hoje em todo o mundo o dia Internacional da floresta. No nosso país infelizmente a nossa floresta tem vindo a desaparecer a grande velocidade Muito por culpa de mãos criminosas ou desleixo de alguns que ateiam incendios, uns por outros para daí tirarem algum proveito monetário.
Há ainda aqueles que fazendo queimadas nas suas hortas, não o fazem com a segurança devida e acabam por provocar grandes incendios de elevados prejuizos Temos que preservar o que ainda resta da nossa floresta
e para isso há uma série de maneiras para que isso possa acontecer Se for a conduzir ou como ocupante não atire fósforos nem pontas de cigarro pelas janelas.   Se entrar numa floresta não fume.   Não faça fogueiras na floresta nem na sua proximidade. Existem locais apropriados para esse efeito.   Ao terminar o seu piquenique não abandone os lixos, recolha-o e deposite-o nos locais e contentores próprios. Deixe a floresta como a encontrou. Não se esqueça que ela é de todos!   Para a realização de uma queimada (uso do fogo em espaços rurais para renovação de pastagens), em qualquer mês, tem que pedir autorização prévia ao Governador Civil, do Distrito    Se detectar um incêndio, não hesite em telefonar para a Linha de Alerta de Incêndio – 117 - de forma a avisar as entidades competentes. O seu aviso poderá ser fundamental para que acorram atempadamente ao local do fogo.  
Participe activamente na vigia e protecção das florestas. Existem várias iniciativas nesse sentido a nível nacional, como o projecto “De Olhos na Floresta” que a Associação Quercus promove. Este projecto pretende constituir uma rede de cidadãos, a nível nacional, que estejam atentos às situações de risco de incêndio na floresta e informem as entidades responsáveis pela prevenção e combate A nossa região tem sido bastante martirizada com incêndios
A Serra da Gardunha já por varias vezes ardeu e não há ano em que isso não aconteça Temos o Fundão equipado Com uma belissima corporação de Bombeiros com alguns quateis delegações espalhados pelo concelho Caso de Silvares ou Soalheira, mas isso não chega
teremos que ser nós a estarmos bem atentos a tudo o que se passa em nosso redor para que ao primeiro sinal de incendio possamos aciona os meios disponiveis ao seu combate Vamos preservar o que resta da Serra da Gardunha e montes como o Cabeço Sobreira ou a serra da Maunça

Sem comentários: