quinta-feira, 7 de julho de 2011

Pequenos prazeres que já estão esquecidos

São prazeres que não deveríamos perder
Antigamente em Bogas não precisávamos de carro para ir ás compras, e ás vezes nem nescessitavamos de sair da nossa rua, pois comércios e tavernas era coisa que não faltavam em Bogas de Baixo


Pelo caminho podia se sempre parar para uns dedos de conversa com o amigo ou vizinho que nos saudava


Estão chegando os nossos conterrâneos desta vez na condição de turistas
Vocês que chegam de varios locais da Europa, já alguma vez pensaram em como é bom ser turista na tua própria terra?
è sempre no Verão a melhor época para umas belas experiencias

A par dos longos dias passados na Piscina da aldeia e dar uns toques de bola no Complexo Desportivo, porque não uns passeios a pé ou de bicicleta, e parar em todas as esquinas das nossas ruas e reparar que todas elas estão bem tratadas e sempre com algo de novo para descobrir?
Pode ainda pegar na familia e rumar ao Penedo Mosqueiro para um animado e suculento piquenique, porque é optimo desfrutar de refeições ao ar livre e sobretudo áquela altitude

Aproveite as condições que o Parque do Penedo oferece, aproveite os grelhadores para fazer uns grelhados que são mais saudáveis e fazem com que o prazer de comer se sinta quando ainda se está a preparar a refeição
Não se esqueçam de levar a geleira e um bom livro para a sesta

Não há nada melhor que sentar se naquela grande esplanada com vistas para o Zêzere, ler um bom livro enquanto saboreia um gelado
Meus caros amigos e conterraneos, espero que cheguem todos bem á nossa terra e divirtam se.
Aproveitem as férias


Blogs

1 comentário:

rosa-branca disse...

Ai amigo, que bom que foi recordar uma balança de mercearia, onde tantas vezes o amigo Carlos Botas pesava o açúcar num cartucho de papel pardo. As paisagens são maravilhosas. Adorava conhecer. Beijos com carinho