Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




domingo, 27 de março de 2011

O Regresso á Gardunha

Já não é a primeira nem será concerteza a ultima vez que vos escrevo e partilho lindas imagens da serra da Gardunha a segunda mais alta de Portugal logo a seguir á estrela


Como estamos numa época do ano em que a Gardunha se reveste das mais belas flores e da flora mais espectacular.
A paisagem vegetal da Serra da Gardunha é o resultado da interacção de vários factores em que a acção do homem e as características climáticas regionais tiveram um papel primordial na modelação da paisagem actual.


Paisagens surpreendentes, longe dos spots mais turisticos, mas acessiveis por trilhos pedestres, há lugares na serra da Gardunha capazes de nos deixar de boca aberta e ainda mais quando cá em baixo no Fundão há um enorme banco de nevoeiro e de repente apanhar lá bem no alto um sol lindo, radioso
A Serra da Gardunha dá nos as mais diversas maneiras de a podermos percorrer.


De Gipe, de bicicleta, a pé e até de parapente. que para quem pratica esta modalidade, deve sentir uma sensação unica, podendo inclusivamente apreciar alguns dos animais que fazem parte da Fauna da Serra
A riqueza da fauna da Gardunha não é tão emblemática como a flora, não existem espécies únicas ou endémicas, no entanto existe uma elevada diversidade de aves e de Insectos que ainda não foram totalmente catalogados
Das espécies que podemos encontrar na Gardunha destacamos, A Gardunha (martes foina), a Aguia Calçada, O Texugo e mesmo a Lontra, não sendo já possivel ver o Lobo Hibérico que há anos atraz povoavam a nossa Serra

A Gardunha tem no seu ponto mais alto 1.227 metros no local onde se faz a devisão do concelho do Fundão com o de Castelo Branco.
As tres zonas especificas que compoem a a Gardunha são A Vertente Norte que vai desde o Alcaide ao Souto da Casa, a Vertente sul desde Vale de Prazeres, Alpedrinha, Castelo Novo até São Vicente da Beira (e a Vertente Oeste Zona do pinhal que vai desde o Açor, Malhada Velha, Bogas de Cima até Bogas de Baixo

2 comentários:

rosa-branca disse...

Imagens deslumbrantes do nosso Portugal. Portugal é lindo. Adorei. Beijos com carinho

Anónimo disse...

Luis amigo este fado serrano já me pos a cantar só me falta o companheiro para uma boa desgarrada

Um abraço
Voz do Goulinho
ALA Poemas
António Assunção