Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




sábado, 16 de outubro de 2010

Gardunha vista por Grão de Areia


A paisagem vegetal da Serra da Gardunha é o resultado da interacção de vários factores em que a acção do homem e as características climáticas regionais tiveram um papel primordial na modelação da paisagem actual.

A diversidade florística da Gardunha é elevada e contém algumas espécies únicas para Portugal como são os casos de Astragalus glycyphylus , Sorbus torminalis e do endemismo Asphodelus bento-rainhae . Na vertente norte a vegetação é caracterizada pelos castançais e carvalhais de Quercus robur e Quercus pyrenaica . A vertente Sul pelos matos de giestas e caldoneira (Echinospartum lusitanicum ).

As espécies endémicas representam a especificidade do património natural de um determinado local. O Asphodelus bento-rainhae só existe na vertente Norte da Serra da Gardunha, não estando em mais nenhum local do mundo.

As espécies faunísticas que caracterizam a Gardunha têm vindo a sofrer um declínio acentuado nos últimos 50 anos. Hoje, já não encontramos o Lobo-Ibérico ou o Lince , mas ainda se podem observar espécies importantes como a Gardunha ( Martes foina) , Águia Calçada ( Hiaeratus pennatus ), Texugo ( Meles meles ) ou mesmo a Lontra ( Lutra lutra ).

A riqueza faunística da Gardunha não é tão emblemática como a flora, não existem espécies únicas ou endémicas, no entanto existe uma elevada diversidade de Passeriformes e de Insectos que ainda não foram totalmente catalogados.


Para Visitas
Para visitar a serra da Gardunha existem dois acessos possíveis: por Castelo Novo ou por Alcongosta.

O acesso de Castelo Novo permite subir ao ponto mais alto da serra. Para o efeito deve sair-se da A23 no nó de Castelo Novo e seguir as indicações que levam até esta localidade.

A partir de Alcongosta é possivel explorar a vertente norte da serra. Para chegar a esta aldeia, seguem-se
as indicações a partir da N18 ou do Fundão. Ao chegar a aldeia, há que procurar os sinais que indicam “Floresta” ou “Casa do Guarda”.

Várias perspectiva sobre a Cova da Beira, com a Serra da Estrela ao fundo.


Gostei desta postagem do GRÃO DE AREIA pelo que me deu vontade de partilha-la com todos os meus amigos

As Fotos estão todas em GRÃO DE AREIA e merecem a v ossa atenção pois são lindisimas

Sem comentários: