Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




segunda-feira, 28 de junho de 2010

Aldeias da Serra

Continuando a mostrar ao mundo a nossa bela Gardunha vou publicar algumas fotos mais de lugares lindos das nossas aldeias
Ãlgumas (poucas fotos) são retiradas da net pelo que desde já peço desculpa aos seus autores se forem divulgadas, mas acho que isto só contribui para melhor avaliar as nossas paisagens

Da Panegral resta a recordação

Este pequeno lugarejo situado no Pico da Serra da Gardunha (Cabeço do Zibreiro) acabou por ficar ao abandono já que os seus antigos habitantes faleceram e os descendentes passaram a habitar outras paragens
Alguns deles fixaram se na aldeia do Açor ali bem perto, pessoas que conheço pessoalmente, tudo muito boa gente
Como podem verificar pela foto, houve em tempo remoto uma fabrica de telhas na Panegral
Tudo muito á base do artesanato mas que ainda hoje existem
Há dias passei pelo alto da Panegral e ainda lá continuam as ruinas das suas antigas habitações

A Ladeira de Nossa Senhora do Carmo, é mais um lugar mitico que jamais vou deixar de ver e rever. Jamais vou deixar de divulgar tamanha beleza
Este pequeno Povo hoje mais perto do resto do mundo por ter já uma via de acesso ao nivel das boas estradas, pertence á Freguesia de Bogas de Baixo aonde ainda hoje se deslocam para assoistir á missa ou tratar d e algo relacionado com a Junta.
A Ladeira é um sitio que vale apena visitar. Podemos até chamar lhe o Piódão da Gardunha
as suas casas teem umtraço antigo que vistas de perto nos dão a sensação de estarmos a viver tempos remotos





Bogas de Baixo; aldeia que tem vindo a modificar se nos ultimos anos no rumo das aldeias desenvolvidas do nosso País, é por sinal a musa inspiradora do meu blogue.
Vai haver festa rija em Bogas nos proximos dias 7 8 e 9 de Agosto Vou tentar ajustar o tempo para poder estar presente este ano já que no ano passado estive uma semana antes da festa de visita á aldeia
Se mais razões não houvesse, bastava uma, sou natural desta linda aldeia, embora muito afastado dela por longos períodos, cada vez gosto mais de visitar, e me inspira a escrever e publicar imagens da nossa bela região

1 comentário:

Saozita disse...

Estimado amigo Luís, permita-me que assim o trate, não conheço a Gardunha, mas pelo que revela neste seu blogue, merece uma visita de forma a podermos deliciar-nos com tal paraíso.
Parabéns, por mais este lindo e interessante espaço.
Obrigado pela partilha.

Tenha uma boa semana.
Bj