Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




quarta-feira, 8 de julho de 2009

Vêm aí a eleições autarquicas

do Jornal Reconquista retirámos esta noticia


Frexes assume recandidatura

O presidente da Câmara do Fundão, Manuel Frexes, vai candidatar-se a um terceiro mandato consecutivo nas próximas Eleições Autárquicas.


“É uma candidatura que conta com a participação de vários sectores da sociedade, nomeadamente de outros quadrantes políticos”, disse o autarca, na apresentação da sua candidatura.

Manuel Frexes, que é também presidente dos Autarcas Social-Democratas (ASD), lidera o município do Fundão há oito anos, com maioria absoluta.

“Se há algo que o Fundão precisa neste momento é de estabilidade, de liderança e de alguém que já tenha provas dadas no exercício destas funções. Não é momento para experiências”, sublinhou.

Para além de Manuel Frexes, são já conhecidos como candidatos à Câmara Municipal do Fundão António Salvado, pelo PS, e José Oliveira, pela CDU.

No actual executivo do Fundão, o PSD conta com cinco eleitos, enquanto o PS conta com dois







MANUEL FREXES REAGE ÀS PROPOSTAS DO PS

2009-07-07
Fonte: Rádio Cova da Beira

O presidente da câmara do Fundão considera caricata a proposta feita por António Leal Salvado de fazer regressar o ensino superior ao Fundão caso seja eleito novo presidente do município nas autárquicas de 11 de Outubro.

Em entrevista à RCB, Manuel Frexes afirma que "eu acho essa proposta caricata uma vez que nós só não temos hoje ainda o ensino sueprior no Fundão porque ele nos foi tirado pelo PS. Essa proposta revela bem a desorientação das propostas do meu adversário".

O autarca fundanense acrescenta que "entre 1989 e 2001, enquanto o PS foi poder neste concelho tinha todas as condições para conseguir que o ensino superior chegasse ao Fundão, através da UBI ou do IPCB que estavam em expansão, e não o conseguiu. Quando nós o conseguimos, o PS chegou ao governo e a prim

eira coisa que fez foi acabar com o ensino superior no Fundão. É preciso falta de vergonha para vir falar novamente nesse assunto".