Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




quarta-feira, 3 de junho de 2009

Aproveitando um intervalo no trabalho

Aprtoveitando uns dias de folga a gente mete se á estrada e vai visitar as nossas gentes
A nossa familia os nossos amigos e as belezas da nossa aldeia e redondezas
Partindo de Faro rumamos á nossa Beira Baixa e começamos por visitar aldeia mais portuguesa
Monsanto

Aqui podemos apreciar lindas casas feitas de xisto, algumas recuperadas mantendo o traço antigo

Ruas tipicas muito limpas e acolhedoras

Do alto do castelo de Monsanto avistamos uma extensa paisagem de aldeias raianas
avistamos a nossa vizinha Espanha
`
Após Monsanto damos um salto até Penha Garcia


Duas imagens captadas na nossa passagem por esta linda aldeia raiana
Daqui partimos em direção ao Fundão onde pernoitamos no ALAMBIQUE,e na manhã do dia seguinte percorremos alguns caminhos por entre cerejais, admirando e saboreando este lindo e gostoso fruto carateristico da nossa região a Cova da Beira



Depois do almoço demos uma fugida até á Serra da Estrela ali mesmo ao lado
Subimos até lá acima e pudemos apreciar lindas paisagens floridas, barragens de agua azul cor do céu e como não podia deixar de ser vimos tambem nesta altura já quase verão alguns mantos de neve




DEscemos a Serra pela encosta de Seia e chegámos a Vide terra do Ex presidente da Assembleia da Republica Antonio Almeida Santos

E a partir daqui deixámos o parque natural da Serra da Estrela e embrenhamo nos pela Serra do Açor por estradas sinuosas e muito estreitas passando á beira de varias localidades e lugares e chegamos finalmente á aldeia mitica do Piódão
Estes lugares dão nos a sensação de liberdade, sossego e ar puro
Vejam a seguir alumas imagens captadas nesta serra até ao Piódão








Regressámos ao hotel já tarde mas no dia seguinte de manhã levantámo nos bem cedo e seguimos a viagem até ao local que tinhamos defenido como meta final a nossa terra BOGAS de BAIXO
Passámos por Souto da Casa, Castelejo, Lavacolhos, Silvares, Barroca e por fim Bogas de Baixo
Vamos ver agora algumas fotos tiradas nesse percurso


LAVACOLHOS

SILVARES

DO MIRADOURO DA SERNADELA AVISTAMOS O ZEZERE SERPENTEANDO DO CANAL AO PORTO DE VACAS ESTEIRO E JANEIRO DE CIMA


A NOSSA LINDA ALDEIA DE BOGAS DE BAIXO

5 comentários:

zero disse...

Bela viagem,sim senhor,através destas belas fotos e da narrativa da viagem,pudemos rever lugares que já vímos, e viajar tambem,mesmo
que só em pensamento por este belo Portugal ainda tão desconhecido.
Continuem-nos contando as vossas viagens e façam-nos sonhar.
Um abraço.

Luis Antunes disse...

amigo Zero
esta viajem embora ja feita por mim varias vezes, desta vez estou na pele da minha filha porque a descrição é dela porque acabou de realizar este passeio e quis ve lo tambem aqui publicado
Evidentemente que muitas outras p'aisagens e sitios visitados haveria para expor mas o tempo e o espaço é curto
eheehehhh
um abraço

PS um dia destes aparece aqui a minha ida ás cerejas do Fundão

Lourdes disse...

Olá Luís
Lindo seu passeio. Ainda há pouco tempo percorri alguns desses locais.
Que maravilha encher os pulmões de ar puro... mas, umas cerejas do Fundão... Já comia algumas.
Um abraço

Anónimo disse...

Pois é Sr. Antunes, esta viagem é só para alguns... aconselho vivamente, que todos passem um dia, por estas belas terras. Já alguém dizia, vá para fora cá dentro... Apesar de ter gostado de tudo, há uma paisagem que me atrai particularmente, é aquela onde se encontram aqueles maravilhosos frutos vermelhos... as cerejas!!! Um grande bem haja para a Serra da Gardunha!! Antes de terminar há que dar o parabéns ao autor das magníficas fotos apresentadas, no não menos fantástico blogue "Ecos de Bogas de Baixo". Seria bom que houvesse mais blogues como este, continue com o bom trabalho.
Abraço.
Ass. Gentes da Agualva

be disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.