segunda-feira, 29 de junho de 2009

Gentes da nossa terra (cont.)

Hoje dediquei o espaço deste blog para homenagear e dar os parabens ao ti José Agostinho e á tia Maria do Carmo pela longa vivencia do seu casamento
Já anteriormente aqui escrevi sobre as minhas tias e minha mãe que são suas irmãs
Por isso hoje dedico lhes esta página
Um abraço do sobrinho e afilhado
Luis Godinho

A Forja e o Ferreiro



Em Bogas de Baixo funcionou em tempos e durante longos anos uma forja
E como todos compreenderão, para haver forja havia tambem o ferreiro
O Ti José Agostinho (Zé ferreiro) está graças a Deus entre nós para reviver as recordações da vida de ferreiro
O espaço ainda existe e pelo que sei até ha bem pouco tempo ele ainda se dedicava a fazer umas coisas para os amigos
Desta forja sairam os mais variados utensílios para o trabalho no campo e não só.

Roçadoiras. enxadas, ancinhos, sacholas , sachos , picaretas, pás etc etc que eram encomendadas e compradas por gentes da nossa terra e terras vizinhas tanto do concelho do Fundão como da Pampilhosa ou ainda de Oleiros
Acaba de repicar com o martelo apressadas pancadas de sino no chifre da bigorna, chamando o ajudande à calda pronta a sair da forja.

São dois pedaços de ferro a unir cuja temperatura, ao rubro branco, ele segue atento com a vista, atrazando um, dando-lhe areia, enquanto o outro é chegado mais ao coração da forja, que o fole agita com ligeireza.

Quando ele vê que a temperatura dos dois troços é igual, vão com eles para a bigorna pingando fogo e espalhando chispas em larga área e a vigorosas pancadas do martelo e malho se faz a união...
A seguir serão mergulhadas num recipiente de agua para lhe dar a têmpera nescessaria para o seu posterior uso
Digo, não pode haver quadro de mais palpitante interesse do que este, e no entanto tudo isto desapareceu, absorvido pelo serralheiro, que passou a trabalhar com tipos de aquecimento do ferro mais sofisticados, com soldadura a autogenio e eletrogénio, e em vez de canelos, ferraduras e os diversos utensilios para a lavoura, fazem se portões , gradeamentos e outras obras de arte para apetrechar e embelezar as lindas moradias que existem hoje em Bogas de Baixo e não só.
Deixámos de ver os animais puxando os arados ou os carros com que se transportavam diversas coisas para dar lugar a tractores de todos os tamanhos e motocultivadoras para onde os tratores não teem acesso

Com esta postagem quis relembrar uma arte que se praticou em Bogas por um homem que sabia e sabe concerfteza desta arte e ensinou muita gente a seguir este oficio.

O ti Zé ferreiro merece esta pequena homenagem
(fotos recolhidas da net)

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Parque de Merendas do Mosqueiro

Passado que está o S João vamos divagar sobre outras coisas que nos dizem respeito
Recebi há tempos um comentario que a seguir publico para que todos possam dizer algo sobre o mesmo





Caro Administrador deste Blog:
Ao fazermos uma pesquisa na internet, deparámo-nos com este blog a publicitar uma localidade do Concelho do Fundão. Devemos alertá-lo que as imagens que aí apresenta do que refere ser o "Miradouro do Penedo", tratam-se de imagens de facto de um miradouro lindíssimo, mas de nome "Parque de Merendas do Mosqueiro", situado não no Concelho do Fundão, mas sim no Concelho de Oleiros, Freguesia do Orvalho.

Com os mais cordiais cumprimentos
Alguns Leitores Atentos



______________________________________________________________________________

Resposta simples e directa

Vocês não são de cá concerteza e devem ter vos contado uma historia barata
____________________________________________________________________________________
Não só o Penedo Mosqueiro se situa no concelho do Fundão, mas tambem grande parte do espaço ocupado pela PINORVAL pertence a este concelho . Assim sendo pertence á freguesia de BOGAS DE BAIXO
_________________________________________________________________________
Para mim aquele local é concerteza um parque de merendas construido no Penedo Mosqueiro
Já nasci ha uma boa quantidade de anos e já nessa altura me lembro de ir algumas vezes lá acima de gipe e a pé com os meus colegas de escola
Tudo bem, até podemos chamar lhe esse nome, agora que está no concelho de Oleiros quero discordar
Até a estrada de acesso ao miradouro está para cá do inicio do concelho de Oleiros e Freguesia de Orvalho como podemos constactar pela imagem
(clique nas fotos para ver tamanho real)

E depois essa obra foi construida ao que eu sei pois ouvi dizer, com dinheiro da Camara do Fundão e da Camara de Oleiros. Pelo que será certamente uma obra das duas freguesias
Bogas de Baixo e Orvalho
O seu a seu dono
Embora o Orvalho tenha usufruido certamente mais desse local , até por estar mais perto, não quer dizer que seja o Orvalho a freguesia detentora dos direitos do Parque d e merendas do Mosqueiro
Deve haver muita gente que está por dentro dos episódios desta obra e devem até saber que se gastou ali muito dinheiro vindo da Camara do Fundão
E porque o Penedo Mosqueiro se situa pelo menos metade na freguesia de Bogas de Baixo, por esse motivo quis publicar esta correção
mas se estiver enganado corrijam me

terça-feira, 23 de junho de 2009

Arraiais de S João

Hoje é noite de S. João e por todo o País, nuns lugares menos, noutros mais se festeja o S João com muita sardinha assada, vinho muita folia
Já o ano passado escrevi estas coisas, mas nisto d e recordações até gosto de me repetir
Talvez pelo que isso representa na imaginação das nossas gentes, na noite de São João, que como todos sabemos é de 23 para 24 de Junho, as raparigas cá da terra cumpriam a tradição de ornamentar o chafariz, que ainda hoje existe no mesmo lugar que sempre chamamos de largo do chafariz, com vasos de plantas e de flores que para ali transportavam de qualquer local onde os encontrassem.
Muita gentinha se zangava por lhe levarem os vasos,
embora a maior parte do povo aceitasse bem a brincadeira deixando levar os vasos
desde que voltassem a colocá-los no mesmo sítio de onde os tiraram,
e isso era regra geral o que acontecia sempre que a noite e dia de S joão chegavam ao fim
para alem disso lembro me de assistir algumas vezes á queima do mastro tambem erguido sempre junto do chafariz
Os mais velhos ainda se lembrarão que á semelhança do que se fazia noutras aldeias vizinhas da beira baixa e beira litoral,a malta jovem tinha por habito
erguer um mastro no largo principal da povoação,sempre no largo do chafariz frente á taverna do ti Zé Antonio na noite de São João.
A rapaziada partia em busca dum pinheiro ali pelos arredores de Bogas
e ao encontrarem um bem direitinho e de maior altura vinha abaixo rapidamente .
ali no local limpavam o dito das suas pernadas e ramagem transportavam-no em ombros, no meio de grande alarido, para o local onde o iriam erguer.
Revestido de palha em todo o seu comprimento e colocado no topo um cântaro de barro, preso por um nagalho,dentro do qual se havia introduzido um gato, normalmente apanhado distraído,depois da rapaziada ter percorrido a povoação à procura do bichano
Ás vezes quando se tentava apanhar este ou aquele gato trazia algumas dificuldades
mas acabava normalmente por ser bem sucedida, embora houvesse frequentes discussões
com os donos dos bichanos que eram apanhados.
Terminadas todas estas tarefas, o mastro era então erguido ao alto e a sua base enterrada num buraco que entretanto havia sido preparado para tal finalidade.
Deitava-se então fogo à palha que o revestia, o lume facilmente alastrava e não tardava a subir mastro acima, acabando por queimar o nagalho que prendia o cântaro,
lá no alto, e perante a gritaria da rapaziada e regozijo, essa vasilha de barro caía estrondosamente no solo, partia-se em cacos, e o pobre gato, chamuscado
e aterrorizado, corria velozmente à procura dum ambiente onde a temperatura fosse mais agradável.
----------------------------------------------------------------------------------
E como estamos em noite de S. João, nada melhor que um cheirinho a manjerico com a musica de fundo a rimar

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Flores da nossa terra


------------------------------------------------------------------------------------



meus carissimos conterraneos, amigos e visitantes deste blog;
As flores são por excelencia uma linda ornamentação de qualquer divisão das nossas casas, e por isso mesmo decidi hoje com a ajuda da Elsa, dar um toque de alegria tambem nesta nossa casa ECOS DE BOGAS DE BAIXO com algumas das flores desta linda aldeia que a Elsa fez o favor de me enviar, juntando outras que eu próprio captei na nossa terra nesta Primavera

Evidentemente que Bogas de Baixo é uma aldeia florida
qualquer varanda, terraço, janelas ou jardins nos deixam apreciar diariamente centenas de flores dos mais variados estilos e cores


segunda-feira, 15 de junho de 2009

Jardim de Infancia

Numa terra onde infelizmente nos ultimos anos não nascem crianças, temos o previlégio de possuir um Jardim de Infancia que tem funcionado impecavelmente com crianças de algumas aldeias vizinhas



Para isso possuem esta OPTIMO MINI BUS PARA TRANSPORTE DE CRIANÇAS



As aulas são ministradas numa dependencia, propria para o efeito existente no belissimo edificio da Junta de Freguesia


Os tempos livres são passados num optimo parque de diversões criado para esse fim em frente do edificio da Junta onde encontram varias formas de passar o tempo livre divertindo se


Aqui podemos ver o momento em que lhes é dada a principal refeição do dia sempre sobre o olhar atento e a dedicação da Herminia

Este é realmente mais um optimo investimento feito na nossa terra
só tem um pequeno senão, seria ainda muito mais frutifero e proveitoso se pudesse funcionar com bastantes crianças da nossa terra BOGAS DE BAIXO

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Mais uma obra importante

Já anteriormente aqui escrevi sobre o Centro Social e o Lar de Dia para a terceira idade
Já o fiz varias vezes e sempre que o faço é simplesmente para enaltecer os promotores deste Bem Essencial para Bogas de Baixo e seus idosos
Nesta deslocacão a Bogas visitei mais uma vez o Lar como faço sempre que me desloco á nossa terra, e deparei já com a planta das obras de ampliação do nosso Centro Social afixadas no placard do Salão


Embora de visibilidade fraca aqui vos deixo uma amostra da planta das referidas obras
que virão engrandecer o património da nossa aldeia


Trata se da construção de um 1º andar destinado a quartos para que no minimo uma dezena de utentes possam pernoitar no Lar, ficando assim mais seguros e protegidos


A obra como podemos constactar está prontinha no papel.
Aguardemos agora que tal como a piscina que já é uma realidade, se comece a amassar cimento e a colocar tijolos para que as paredes comecem a subir

terça-feira, 9 de junho de 2009

Os votos de Bogas para as europeias


Nenhum partido pode cantar victória apenas o PS deve baixar a cabeça pela derrota
Nestas eleições quem ganhou mesmo foram os abstencionistas
È A REVOLTA È O DESCONTENTAMENTO È UMA SÈRIE DE FACTORES NEGATIVOS A PROVOCAREM ISTO

RESULTADOS EM BOGAS DE BAIXO

PSD 80 59.70%
PS 39 29.10%
CDS-PP 5 3.73%
BE 2 1.49%
MEP 2 1.49%
MMS 1 0.75%
PH 1 0.75%
PNR 1 0.75%
CDU 1 0.75%
POUS 0 0%
PPM 0 0%
MPT 0 0%
PCTP/MRPP 0 0%

Abstenção 250 65.10% 56.94%
Votantes 134 34.90% 43.06%
Nulos 2 1.49% 0%


Em Bogas de Baixo nunca se sabe quem ganha e mesmo nestas eleições ninguem ganhou
Ganhei eu e milhares como eu que nos abstivemos de ir perder tempo para votar
Eu pessoalmente acho que estamos a ser constantemente enganados por quem nos vai defender lá fora ganhando rios de dinheiro que faziam muita falta em Bogas e outras aldeias esquecidas por esse Portugal fora
Eu que em tempos dificieis tanto me bati pela implantação da democracia em Portugal, sinto me neste momento defraudado e revoltado com o rumo que os politicos deram ao nosso País
Os pobres continuam cada vez mais pobres e os ricos cada vez mais ricos
Somos nós os pobres que temos que pagar a crise
Os Politicos são uma cambada de corruptos
Quando não são eleitos pelo povo, são postos como administradores de empresas publicas onde como todos sabemos se abotoam com o dinheiro dos contribuintes
Em Bogas ganhou o PSD mas seria igual se ganhasse o PS
Ninguem se iluda
Mas o que me parece justissimo é que nas eleições autarquicas todos votemos nas pessoas que achamos mais competentes para ocupar os lugares a que se propoem
Aí toca nos directamente a nós
As Eleições autarquicas não estão longe e é aí que vamos votar em massa para bem das nossas aldeias vilas e cidades
Nessa altura cá estarei novamente para dar o meu contributo

domingo, 7 de junho de 2009

Este verão teremos piscina?


Este verão tanto os residentes como os que virão de férias em julho , agosto e setembro devem poder banhar se já na nova piscina que está em construção

Pessoalmente acho que ao fazer se uma obra destas poderia ter sido estudada um tudo nada maior
Assim como está a ser construida e no local onde fica situada parece mais uma pequena piscina particular

Mas quem percebe disto são os técnicos e acredito que não tenham encontrado sitio melhor para fazer esta obra já que fica paredes meias com o parque desportivo e deve haver agua mais perto para o seu abastecimento
A Junta de Freguesia deve estar a fazer a obra por administração directa o que baixará certamente os custos da mesma
Bogas de Baixo ficará assim dotada de mais uma infaestrutura que não sendo concerteza a desejada será contudo a possivel
Se em pleno mes de Agosto rebentar pelas costuras não se admirem
Evidentemente que eu estou de acordo com aqueles que pensam e dizem que mais vale esta que nenhuma
É verdade que não estaria no horizonte das gentes de Bogas de Baixo há menos de 2 ou 3 anos pensarem em ter na sua terra uma obra assim
Vai concerteza, embora pequena, fazer as delicias de muita gente. Especialmente da juventude que todos os anos na época quente, visitam ou passam férias em Bogas de Baixo
Apesar de tudo a Junta de Freguesia merece o nosso aplauso

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Aproveitando um intervalo no trabalho

Aprtoveitando uns dias de folga a gente mete se á estrada e vai visitar as nossas gentes
A nossa familia os nossos amigos e as belezas da nossa aldeia e redondezas
Partindo de Faro rumamos á nossa Beira Baixa e começamos por visitar aldeia mais portuguesa
Monsanto

Aqui podemos apreciar lindas casas feitas de xisto, algumas recuperadas mantendo o traço antigo

Ruas tipicas muito limpas e acolhedoras

Do alto do castelo de Monsanto avistamos uma extensa paisagem de aldeias raianas
avistamos a nossa vizinha Espanha
`
Após Monsanto damos um salto até Penha Garcia


Duas imagens captadas na nossa passagem por esta linda aldeia raiana
Daqui partimos em direção ao Fundão onde pernoitamos no ALAMBIQUE,e na manhã do dia seguinte percorremos alguns caminhos por entre cerejais, admirando e saboreando este lindo e gostoso fruto carateristico da nossa região a Cova da Beira



Depois do almoço demos uma fugida até á Serra da Estrela ali mesmo ao lado
Subimos até lá acima e pudemos apreciar lindas paisagens floridas, barragens de agua azul cor do céu e como não podia deixar de ser vimos tambem nesta altura já quase verão alguns mantos de neve




DEscemos a Serra pela encosta de Seia e chegámos a Vide terra do Ex presidente da Assembleia da Republica Antonio Almeida Santos

E a partir daqui deixámos o parque natural da Serra da Estrela e embrenhamo nos pela Serra do Açor por estradas sinuosas e muito estreitas passando á beira de varias localidades e lugares e chegamos finalmente á aldeia mitica do Piódão
Estes lugares dão nos a sensação de liberdade, sossego e ar puro
Vejam a seguir alumas imagens captadas nesta serra até ao Piódão








Regressámos ao hotel já tarde mas no dia seguinte de manhã levantámo nos bem cedo e seguimos a viagem até ao local que tinhamos defenido como meta final a nossa terra BOGAS de BAIXO
Passámos por Souto da Casa, Castelejo, Lavacolhos, Silvares, Barroca e por fim Bogas de Baixo
Vamos ver agora algumas fotos tiradas nesse percurso


LAVACOLHOS

SILVARES

DO MIRADOURO DA SERNADELA AVISTAMOS O ZEZERE SERPENTEANDO DO CANAL AO PORTO DE VACAS ESTEIRO E JANEIRO DE CIMA


A NOSSA LINDA ALDEIA DE BOGAS DE BAIXO