Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Homenagem aos comentadores


Apresento os meus agradecimentos aos comentadores publicando alguns comentarios começando pelos mais antigos

DORA
Adorei tudo do blogger.Vocês, portugueses, são DEMAIS!!
Estou a viajar por esses caminhos daí, principalmente na cultura e sabedoria dos portugueses.
Adoro a sensibilidade deste povo, e o talento excepcional para o romantismo das coisas.
Sou uma brasileira apaixonada pela poesia de voces.
Coloquei esse blog como "favorito" para ir lendo, aos pouquinhos, as lindas cronicas, mensagens, e poesias.Parabens! Gostei!

Anônimo disse...
Aqui voz do goulinho é delirante ouvir esta musica e ver éstas belissimas fotos um abraço vai um abraço cá da serra do açor



Tudo o que possa fazer para divulgar a nossa região, é sempre mais uma voz.
Todas as histórias, mesmo aquelas que nos pareçam ridículas. Ajudam a medir
a nossa dimensão humana. Acompanha-me há uns anos um velho livro sobre a
freguesia do Orvalho. Que muita informação me tem dado. Que pena não se escrever mais,
cada um de nós pode ser uma ajuda, para o conhecimento
dos lugares e saberes locais. Que se escreva. Um abraço. Diamantino Gonçalves

Anônimo disse...
Ola amigo e obrigado por este blog.
Sou filho de imigrante e custumo ir a bogas todos os anos em agosto. Uma lindissima
terra. Passei tambem momentos memoraveis no poco caldeireiro enquanto criança
(tenho agora 31). Passava la dias inteiros, a minha mae devia ir me chamar para sair
de la ! Numca trocaria o poco para uma praia, era a nossa praia. Os saltos da pontaria
(de pé, numca chegei a saltar de cabeca mas havia gente que o fazia) eram sempre o
"show" para os que estavam em baixo !
E uma pena ver que o poco esta agora num estado lamentavel, e as criancas de agora
ja nao vao para la. Um abraco.


Asno disse...
Parabéns por mais um blog vizinhos!
Já se encontra na montra do Casegas Vai Nua.

Bom trabalho e cumprimentos asininos

OLA
mais uma vez ca estou a ver as novas da nossa terra
procurei ver se encontrava un artigo sobre a festa da nossa terra
mas pelos vistos ainda nao à aqui users de bogas de baixo
era un prazer ver aqui algumas fotos da nossa festa da nossa senhora das dores
venhao muitos aqui deixar novas desta linda terra que é bogas de baixo


tania disse...
A festa de bogas e' so' a melhor la da zona =')
Saudades


Anônimo disse...
Olà !

Para jà, muitas felicidades por este blog sobre Bogas de Baixo, que està um "espectaculo"!!!
Os meus pais sao natural de Bogas de Baixo e tambem Bogas de Cima. Este ano, como todos
os anos, fui passar as férias a Bogas de Baixo mais o meu marido e o nosso bébé que vai
fazer 6 mês.Estiveramos 4 semanas em Bogas. Foram umas boas ferias de descanso e muitos
passeios à descuberto do nosso pais. Jà regressamos à França e temos muitas saudades,
jà que os nossos pais là ficaram.

Diolinda disse...
Parabens pelo texto, Bogas merece muito mais, e o seus habitantes tambem, ja não me admira
Bogas ter ficado esquecida tanto tempo. Agora fazemos parte de um Concelho...

Anônimo disse...
Parabéns meu caro amigo, finalmente um blog interessante e actual sobre a nossa terra.
Pena que para muitos dos actuais habitantes de bogas seja ainda complicado aceder a estas
tecnologias, mas por mim vou fazer o máximo por divulgá-las.
Quanto ao assunto que aqui se comenta, espero que algumas pessoas deixem de olhar tanto
para o seu umbigo e se preocupem também com as necessidades desta tão nossa querida terra.
Vamos para a frente com a praia fluvial e com outras obras que possam melhorar um pouco a
difícil vida dos habitantes de Bogas. Se remarmos todos para o mesmo lado decerto será
mais fácil. Um abraço a todos os Boguenses e um comprimento especial a este bloguista que
merece o nosso apoio.

Olheiro disse...
O meu sincero obrigado..
Fiquei surpreendido pela positiva por ver retratada a imagem da minha aldeia nas novas
tecnologias.
Parabénde ao mentor desta ideia e continuem.
Em relação às obras realizadas na freguesia de Bogas de Baixo só tenho de dar os Parabéns
a toda a equipa da junta, já que, hoje a freguesia está ao nivel das restantes do concelho.
No que respeita às obras do Covão, POR FAVOR, deixem trabalhar quem tem vontade para tal
( o que já é raro para essas bandas ).

Até Breve

O Olheiro

Anônimo disse...
Eu so gostava que Bogas seja mais perto de castelo branco, para poder la viver e trabalhar
na Cidade. Bogas de Baixo é bonita pelo seu sossego e calma, pela tranquilidade da sua
população, mas não é de todo para esquecer, e temos que fazer os possiveis para que isso
não acontessa

boguense saudoso disse...
Caro conterrâneo.
Em 1º lugar quero felicitá-lo pelo blog, muito bem apresentado e que como Boguense,
fico muito contente.
Não devo conhecê-lo, mas, também sou sobrinho do tio Zé (ferreiro), mas do lado da esposa,
tia Maria do Carmo.Fiz a minha 4ª classe em Bogas, tendo antes vivido em Angola e
posteriormente em Castelo Branco.
A maior parte dos Boguenses vivem fora da sua terra natal, pelo que gostaria de fazer
aqui um repto: Começar-se por promover-se convivios dos Boguenses por regiões e
posteriormente um mega convivio.


Anônimo disse...
houje mesmo descubro este site de bogas de baixo que me viu nascer ja a alguns anos
(52)au 25/11
estou muito contente de poder ver sitios e serras que eu percori como pastor mas serras
da ladeira
fico muito contente

Fabiano Roberto disse...
nenhum lugar neste planeta é um paraíso, porém o mais importante não é o que está a nossa
volta mas dentro de nós

Entretanto é sempre maravilhoso voltar a um lugar que gostamos e melhor ainda se podemos
encontrar um pouco de ar puro

a.bad.girl disse...
Bogas de baixo é mesmo um lugarzinho no paraiso! Nem parece ser portugal :)
um bjinho
Bad

Anônimo disse...
não conheço bogas de baixo,
nem tão pouco sabia da sua existência.

Agora uma coisa é certa, se existissem mais blogs como este,
todos iríamos ficar a conhecer mais "paraísos" como este.

Um grande Bem Haja para o criador deste blog!

Tania disse...
BOGAS DE BAIXO E' A MELHOR TERRA DE PORTUGAL !!


Entre linhas... disse...
Bonitas paisagens,locais de sonho e de sossego,lindas viagens virtuais,uma forma
de divulgar aquilo que é "nosso".
Bjs Zita


Entre linhas... disse...
Que bom neste mundo do virtual dares a conhecer a tua terra,é muito dignificante da
tua parte,eu desconhecia esta linda região de nosso linto POrtugal.
Bjs Zita

Gardunha disse...
É sempre bom encontrar estes espaços de partilha...
Aprento-lhe outro: pedacosdealcongosta.blogspot.com
aguardo a visita. E se quiser fazer um link, agradeço

Ecos... disse...
Realmente a sua aldeia é mt linda!

Quando tiver oportunidade farei uma visita.

Resto de bom dia....

gardunha disse...
Os melhores acessos trazem, mas também levam. E o investimento nas freguesias rurais,
comparativamente, e ainda que em proporção com a cidade, são insignificantes. Primeiro
foi e emigração e a migração para outras localidades. Actualmente vê-se muito a
deslocalização para a cidade mais próxima. Os pais vão, os filhos nascem lá e acabam por
perder a ligação à terra.
Uns vão, outros vão, a aldeia fica com menos gente e os outros, perdendo-se dinâmica social,
acabam por ir também. Em alguns sítios, como é o caso de Bogas, infelizmente, os cinemas
ficam longe, o hiper fica longe, o hospital fica longe. Enfim, um conjunto de circunstâncias
que acabam por pesar.
Não tenho uma resposta para a pergunta. Não sou de Bogas, não conheço a realidade e o
problema engloba várias variáveis.
Mas é uma pergunta pertinente, para uma situação transversal a muitas freguesias, embora
numas se note mais que noutras.
Também já fiz uma pequena abordagem ao assunto em Pedaços de Alcongosta
Pedaços de Alcongosta
ah, já fiz lá um link para aqui

João P Moreno disse...
Olá, achei seu blog por acaso. Já fui a Portugal diversas vezes, mas não conhecia sua
aldeia. Quando for à serra da Estrela da próxima vez, passo por aí.
Abraços


Z.Roque

Sò de ver o conteudo jà se bebia mais um copo um grande Bravo ao Sr Antunes tem um
blog muito bem confecionado!....


Anônimo disse...
boa tarde Luis
Como me deu o seu blog, 3 vezes,de manhã, na sala Paris, vim agora vê-lo. Foi pena
entrar como visitante, é tão impessoal este nick que nunca os levo a sério. É um blog,
muito bem dirigido a quem não conhece a sua região, é o meu caso,um dia, quem sabe,
o Luis me vai oferecer umas cerejas,aí, em Bogas de Baixo, onde eu me deslocarei.
Um beijo
ana.marta

anibal disse...
Luis Antunes, quero agradecer-lhe pela existência deste belo sitio.Quase todos os dias
entro nele para saber novas da minha terra.Apesar de só ter feito em Bogas a 4ª classe
e depois de só ir 3/4 vezes por ano até ao falecimento do meu avô (Joaquim Dias de Carvalho
- Mota) recordo com muita saudade peripécias que vivi....(a apanha do milho,as debulhas,
as vindimas, etc).Na 4ª classe tive como colegas que me recordo o Herculano, o Amadeu,
o Zé grande, o Ventura, o António Gama (o/as que me desculpem, mas já se passaram muitos
anos.....Um abraço e continue a dar-nos novas da nossa terra.
Anibal Luiz

Teresa Catarino disse...
Caro Luis, assim como você também sou antunes e fiquei emocionada ao ler o texto,
pois fez-me lembrar dos anos já passados em que conheci o meu avô Antunes da Malhada Velha
e ao pé dos castanheiros de sua propriedade pude ouvir muitas histórias dos "mouros".
Era mágico entrar no tronco do castanheiro e apanhar os ouriços e levar as castanhas
para mais tarde atirá-las ao lume e vêlas estourar. Hoje moro no Brasil
(conheço muitos eucaliptos!!!) e ao ler o seu texto pude verificar que pessoas como você
conseguem resgatar esses sentimentos que a muitos passa desapercebido, Parabéns! Meu nome
é Maria Teresa Catarino Antunes e meu avô chamava-se Antonio Antunes Bento, um portugues
que amava seu pedaço de terra e tudo o que ela lhe dava em troca (saudades

Caro Luis,a mim parece que Bogas é realmente um pedaço do céu! Aqui no Brasil, há cidades
onde a limpeza e a modernidade não são sequer cogitadas. Há fome, talvez não na proporção
em que é vista na África. Temos que aprender (falo por mim)a valorizar o que ainda nos
resta para de forma consciente lutarmos pelo que nos falta!
Lindas fotos!

INALDA disse
COMO GOSTARIA DE SER UMA PORTUGUÊSA PARA AJUDAR A CONSERVAR MAIS E MAIS AS RAÍZES DE CADA
UM. APENAS SOU UMA AMANTE DE PORTUGAL. PENA TER CONHECIDO MUITO POUCO. MAS TENHO CERTEZA
QUEM EM BREVE VOLTAREI E BOGAS SERÁ A PRIMEIRA CIDADE QUE IREI VISITAR. PARABENS PELO BLOG.

Teresa Catarino disse...
Caro Luis fico aqui a invejá-lo nas suas andanças. Conheces a Malhada Velha?
essa Casa do Cogumelo fica na aldeia? Meu avô que lá residia possuia uma bela casa de pedras
. Xisto como chamais!Era maravilhosa!Parece que sinto os codores ao ler o seu texto.
Belo, muito belo!

J.ROQUE disse...
Serà verdade tudo isso?Acredito porém embora não conheça,Mas desde jà fica-me na memòria
para descobrir um dia mais tarde, a beira baixa assim como a beira litoral tem muitas
aldeias maravilhosas e acolhedoras porquê ir mais longe se temos o paraiso ao pè de nòs!...


Beltane disse...
eu fico encantada com esta imagens e descrições destes lugares. é incrível, é lindo,
magnífico, belo, apaixonante, cativante, paradisíaco, nem sei mais como descrever
porque é fantástico

Anônimo disse...
Caro amigo cá estou novamente a cumprimentar todos os abitantes de BOGAS nós aqui do outro
lado da serra ademiramos o seu trabalho e já o temos no nosso blog como amigo força para
levarmos lonje o nome das nossas aldeias para que pessoas de outras terras nos venhão
visitar e nos ademirem já que muitas vezes aqueles que nos são proximos não nos dão a
atenção que as nossas terras merecem refiru-me aos poderes publicos VOZ DO GOULINHO


Asas da Montanha disse...
Parabéns pelo blog.
Tu o que for feito para dilvulgar as nossas terras é um serviço maravilhoso.
Força!
Asas da Montanha

Anônimo disse...
Caro Luis cá estou mais uma vez do outro lado da serra.Dando voz ao blog
VOZ DO GOULINHO uma aldeia pequenina mas como dizia S.PAULO quando nos sentimos pequenos
é que somos grandes é como a sua que eu não conheço mas é divulgada por um homem grande
de espirito porque gosta dela luta por éla força LUIS
Cpmts Antonio Assunção

Anônimo disse...
Olá a todos os que visitam este blog, pessoal de bogas e não só.
Muitos se recordarão certamente dos bons momentos que passamos tanto no café central
como no ponto de encontro (é engraçado mas só agora me apercebi do verdadeiro nome,
para mim sempre foi o café do Zé Ferreiro). No entanto não posso deixar de referir um
especial carinho por cantinho que todos nós gostavamos de frequentar... esse mesmo a
catacumba, que saudades desses tempos. Não esquecendo alguém que já não está entre nós
e que nos proporcionou tantos momentos de alegria... onde estiveres o meu obrigado
(adorei este comentario por nos ter feito recordar um miudo impecável que
infelizemente nos deixou cedo de mais)

Luis até apetece dançar que maravilha a VOZ DO GOULINHO mais uma vez dar lhe os parabens
pelo seu trabalho é expetacolar.
obrigado pela gentileza do seu comentário o blog VOZ DO GOULINHO tambem agrade-se eu aqui
o faço em nome da minha filha pois o blog é dela.Se algum dia vier a Lisboa eu estou a
trabalhar na AV.ALMIRANTE REIS gostava de o conhecer gente que goste da terra onde
nasceu tem para mim toda a ademiração.
Um Abraço
Antonio Assunção

Maria de Lourdes Cousinha Filipe Martinho disse...
Tenho visitado frequentemente o vosso blog, até porque já estive na vossa aldeia.
Fui numa visita da Junta de freguesia de Fernão Ferro, onde resido, ao projecto de
tecelagem artesanal Flor do Linho. Tive muita pena de já chegarmos a Bogas durante
a noite, mas deu para ver que é uma aldeia muito semelhante às do outro lado da serra.
É que o meu Sobral Magro não é o vosso vizinho do concelho da Pampilhosa da Serra,
é o Sobral Magro do concelho de Arganl. No entanto, a região é muito idêntica.

Teresa Catarino disse...
Caro Luis, conheces o ditado que diz que o melhor da festa é esperar por ela?
Acredito que tenhas esperado por algo que não encontraste e ficaste com um não sei
que de amargo! Se estiver errada, perdoe-me mas é o que tem passado. Até demorei a
comentar pois podia ser um impressão apenas, mas ao ler esta última postagem, tenho
que confessar que fiquei triste! Esperava que a tua ida ao lugar que tão bem
descreves lhe trouxesse alegria e paz de espírito...tenho certeza que esses sentimentos
são passageiros e logo se transformarão numa imensa vontade de rever tudo novamente,
pois lembranças quando possuem raízes profundas não desaparecem por encanto ou magia,

ao contrário só nos fazem ter a certeza de que estamos vendo tudo com outros olhos...
Fique bem!

Caro Luis daqui fala o pai da rapariga que tem o blog VOZ DO GOULINHO o mesmo não tem sido
actualizado por doença da mesma mas com a graça de Deus tudo ade passar e em breve voltara
a postar o que lhe quero dizer é o seguinte não sei se conhe-se o blog O ROUXINOL DE POMARES
Faça-lhe uma visita e veja as lindas fotos do nosso monte do colcurinho na serra do açor .
um abraço grande o Luis para mim já é uma familia.
Antonio Assunção

2 comentários:

Anónimo disse...

Alguns já devem ter ouvido falar, outros devem conhecer alguém que lá trabalhou. Foi criado recentemente, uma página que pretende conservar as memórias das minas. http://panasqueira.net . Visitem

be disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.