domingo, 28 de setembro de 2008

A História do carro de bois




Na minha aldeia existiam antigamente alguns carros de bois que quando andavam vazios faziam uma chiadeira infernal

Daí eu aprendi uma lição que jamais vou esquecer
Certo dia meu pai, homem trabalhador e muito sabedor tambem.
Disse me que íamos essa manhã roçar uns molhos de mato para fazer a cama dos animais
Fui com muito prazer até ao pinhal acompanhando o meu pai, e numa clareira depois de algum silencio pergunta me ele
Além do chilrear dos pássaros, estás a ouvir mais alguma coisa??
Apurei os ouvidos e disse lhe que sim , estava a ouvir a chiadeira dum carro de bois que pelo som vinha na sua marcha pachorrenta
É isso mesmo disse o meu pai; é um carro vazio

Então como é que sabe que esta vazio?? não o estamos a ver ....
Pois é , é muito fácil saber quando um carro de bois vem vazio, por causa do barulho.
Quanto mais vazio vier mais barulho faz.
Agora depois de muitos anos passados, quando vejo alguém a falar alto de mais, a gritar, ou a tratar os outros com prepotencia,a querer fazer ver que é dono da razão e da verdade total,sinto a voz do meu paia dizer : quanto mais vazio vai o carro de bois, mais barulho faz

tenham um optimo dia e pensem nisso


AGORA VEJAMOS O CARANGEJO PORTUGUES



Um pescador de caranguejos, quando ia á pesca tinha por hábito nunca tapar o balde em que colocava os caranguejos que ia apanhando.

Isso intrigava todas as pessoas que estavam á sua volta.

Um belo dia alguém que o observava já algum tempo perguntou-lhe:

- Desculpe, mas explique-me porque não tapa o balde dos caranguejos ? Não tem medo que eles possam escapar?

O pescador olhou para o individuo e muito calmamente respondeu:

- Não é preciso... Estes são caranguejos portugueses! quando um tenta subir, os outros imediatamente o puxam para baixo!