Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




terça-feira, 25 de março de 2008

LOCAIS QUE NUNCA ESQUECEMOS

Passou a Pascoa
Muitos dos nossos conterraneos aproveitaram a tradição de passarem a Pascoa em familia
Tambem já não é o que era
Antigamente só se vinha á terra uma vez por ano e ou se aproveitava o Natal ou então optava se pela altura do calor
e continua a ser o Verão a pricipal opção de quem trabalha longe das sua terra, regressar para passar alguns dias de repouso ou nem por isso
porque nessa altura não se tem tempo para nada
as férias estão a acabar e a gente não conseguiu fazer metade do que trazia na ideia fazer.
Vem tudo isto a propósito de estarmos a entrar num periodo do ano em que todos irão começar a pensar em como vão passar as suas férias
quando e onde passar e o que poderemos fazer com a falta de recursos espcialmente a nivel monetário já que os combustiveis a alimentação e a estadia estão a subir a passos gigantes, fazendo com que muitos desejos fiquem por satisfazer
Há a maior parte que pensa apenas em fazer umas ferias á beira mar onde o custo de vida atinge valores incomportaveis. Acho que esta na hora de optarmos por outras viajens menos dispendiosas e muito mais repousantes.
Ha sitios que jamais esquecemos, lugares perdidos no meio deste Portugal, que mais do que historias e imagens gravadas em textos e fotos, encerram uma paz dificil de trancrever e impossivel de fotografar
É assim no Vale do Zezere entre Cambas e a Barroca.
Aldeias lindas com muitas tradições, longe das praias e da confusão do turismo de massa .Valerá sempre a pena passar alguns dias de férias repousantes na nossa terra