Recomende este blog

São exactamente as nossas raizes culturais, familiares e sociais que nos distinguem.




quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

ROTAS & DESTINOS

Pela estrada fora foi o que fizeram o João Ferreira Oliveira e o Pedro Sampayo Ribeiro visitando entre a Serra da Lousã e a Gardunha muitas localidades inseridas no Projecto Aldeias do Xisto
Cerdeira, Candal, Talasnal, Chiqueiro, Casal Novo, Gondramaz, Comareira, Aigra Nova, Aigra Velha, Pena, Fajão, Janeiro de Baixo, janeiro de Cima e como não podia deixar de ser a Barroca
Sede do Centro Dinamizador das Aldeias do Xisto para quem quiser aqui lhes deixo o endereço eletrónico e telefone 275647700 www.aldeiasdoxisto.pt.
Publicaram uma optima reportagem em Rotas & Destinos de Novembro com belissimas fotos e eu fiquei um pouco desiludido por terem passado a 2 km de Bogas de Baixo e terem se esquecido que tambem esta aldeia tinha todo o direito e condições para figurar num evento deste género
Espero que em proximos eventos não se esqueçam de que Bogas de Baixo tem lindas casas construidas em Xisto está bem localizade e tem todos os ingredientes nescessarios para receber bem os seus visitantes.
E porque não falar da Ladeira??
Já alguem se lembrou de que esta aldeia é um encanto especialmente na primavera quando toda paisagem circundante se encontra verde e florida??
Experimentem
Acho que a Junta de Freguesia de Bogas de Baixo que tanto tem feito para que Bogas fique na Vanguarda do progresso deveria interferir mais perante os Organismos Oficiais e não Oficias no intuito de ver mos Bogas mais vezes nas paginas dos jornais e revistas de turismo rural
De acordo com o responsável da Pinus Verde, o projecto vai permitir promover a marca Aldeias de Xisto, bem como escoar produtos artesanais como a cestaria, linhos, miniaturas de casas em xisto, peças de artesanato em madeira ou a bijutaria. “A intenção é divulgar não só os produtos artesanais, mas também a ligação entre o artesanato e a contemporaneidade”,
Salienta Bruno Ramos no Jornal Kaminhos que é meta a atingir não deixar morrer o artesanato para que as pessoas se fixem nestas aldeias e assim terem um modo de sustento
Em termos de comparação deixo aqui algumas fotos para poderem verificar
as semelhanças que existem entre Bogas e a s aldeias da serra da Lousã


Uma rua na aldeia de Talasnal á esquerda


uma rua da aldeia de Bogas de Baixo
ha muitas semelhanças

vista parcial da Ladeira devereia tambem fazer parte da rota das aldeias de xisto

vista parcial de Talasnal

O responsável da Pinus Verde acredita que este “é um dos projectos mais inovadores a nível nacional” e que pode funcionar como pilar da marca Aldeias de Xisto e “ajudar a estruturar o território em todas as suas valências”.

Acredito que a junta de freguesia de Bogas de Baixo ja tenha feito contactos para que a nossa terra venha a fazer parte destes projectos dinamizadores